PRIMEIRA EUCARISTIA

PRIMEIRA EUCARISTIA

Por : Catequese Familiar, 2017

Foi um longo ano! No princípio tudo foi estranho; novos conhecidos, nova rotina, novos conhecimentos. Começou com uma decisão: vamos preparar nossos filhos para a Eucaristia! Onde fazer?

Ali no Santuário Salette; lá tem Catequese Familiar. E o que é isso? Ora, o catecismo não é só para as crianças; é também para os pais. Pais? Quer dizer que nós também temos que ir para o catecismo? Mas, já fizemos a primeira comunhão... faz tempo. Por isso mesmo, é uma excelente oportunidade de recuperar sua preparação... que foi há muito tempo. Isso não está nos cheirando bem, vai sobrar para nós. Deem-se a essa oportunidade e vocês verão que terá valido a pena. Conversamos no final do ano. O que é preciso fazer? Primeiramente, a inscrição. E aí vocês vão acompanhando o calendário. Tem reunião nas casas das famílias, tem encontros de formação no Santuário. Tem missa dominical. Tem filminho, tem lanchinho, tem até passeio externo (neste ano adiado por conta da febre amarela que matou alguns macaquinhos no Horto Florestal).

Muitas famílias procuraram os catequistas e aos poucos criaram coragem e fizeram as inscrições. Primeiro encontro. Nossa, é assim mesmo. Vamos nos reunir semanalmente na casa de uma das famílias do grupo. Tem um casal de catequistas que nos acompanhará durante todo o ano. Parecem ser boa gente. Deve ser porque é o primeiro encontro, isso é para nos agradar. Benhê, você viu quanta coisa haverá? Eu não vou aguentar. Relaxe, você é forte. E depois, tudo isso é para nossos filhos; temos que ser exemplos.

Esse diálogo estranho certamente aconteceu; senão igual, semelhante.

Chegou o grande dia: 25 de novembro, 17h. A liturgia pedia a celebração de Cristo Rei, Jesus Cristo, Rei do Universo.

O Santuário estava muito bem decorado. O Presbitério abrigava as cadeiras devidamente ordenadas, aguardando o momento de serem ocupadas pelos catequizandos. Quase um ano havia decorrido desde as inscrições. Aconteceu de tudo: choveu, fez frio, fez calor, acabou a energia elétrica, o trânsito foi sempre caótico, teve vontade de – hoje eu não vou – mas, foi. Teve feriado prolongado. Teve jogos do Corinthians, sempre campeão.

A celebração foi presidida pelo Padre Marcos Almeida, ms, Reitor e Pároco. Pais e mães capricharam nos trajes.

E, para finalizar, um recadinho aos catequizandos que receberam sua Primeira Eucaristia, recadinho tirado dos Princípios de Vida dos Leigos Saletinos: “A vida é tão preciosa que se vivida na dimensão do amor, da valorização do diferente, da reconciliação, do respeito à natureza, da conquista, do desafio, da doação, da partilha, pode tornar-se preciosidade. A vida é de vocês, mas para que ela seja bem vivida, depende do valor que vocês atribuem às realidades que podem trazer mais vida. A Eucaristia é uma delas”.

Catequese Familiar, 2017

Texto: Mario Apone
Fotos: Marcelo Gaspar

Galerias de fotos